Série literária

PRIMUM - O PRIMEIRO LIVRO DO MUNDO

Um pouco da história

Logo Série Literária.png

Tudo surgiu no Reino de Castrum, lá no castelo onde moram Carmina e Magnus, os feiticeiros do reino. Eles deveriam usar seus poderes para cuidar do livro PRIMUM que guardava toda sabedoria e conhecimento do mundo, mas uma disputa pela posse do livro levou-os a um encontro com a Deusa Minerva e sua fiel mascote, a Coruja Tagarela.

A partir daí, Carmina e Magnus, iniciam uma aventura cheia de encantos, feitiços e magia, pois devem encontrar as partes do livro que se espalharam pelo mundo. Segue com eles o personagem Legere, cuja incumbência é garantir que os feiticeiros não sejam interrompidos no cumprimento de sua missão, pois o Mago dos Ventos – Málik –anda sempre à espreita para distraí-los e resgatar para si as partes do livro PRIMUM, tornando-se, assim, o dono de todo o conhecimento do universo.

Um delicioso conto literário infantojuvenil, cheio de aventura, que reúne elementos do mundo mitológico, mágico e real. A narrativa de cada volume visa aproximar o leitor do cenário, da história e da cultura dos povos onde a aventura se desenvolve. Além de enfatizar o respeito à diversidade cultural, aos aspectos étnicos e aos símbolos culturais de cada território, os personagens desenvolvem valores que superem o individualismo e ressaltam a importância da solidariedade na convivência humana.

As ilustrações, que encantam crianças e adultos, são elaboradas a partir de técnicas digitais, texturas e analógicas, como aquarela e bico de pena, sendo uma das características a presença de bastante volume projetado pela luz e sombra o que, muitas vezes, provoca uma atmosfera tridimensional.

CONHEÇA OS LIVROS DA SÉRIE

As buscas no Brasil

Carmina e Magnus, dois feiticeiros do reino de Castrum eram os guardiões de PRIMUM – o primeiro livro do mundo. Um livro muito poderoso que guarda todas as histórias do mundo e pode transformar sonhos em realidade. Por ambição, os feiticeiros travam uma batalha épica e atingem o livro mágico. Os pedaços se espalham pelo mundo. Após a repreensão da Deusa Minerva pelo que fizeram, os personagens são teletransportados para o planeta Terra.

A primeira aventura acontece em solo brasileiro. Os feiticeiros percorrem o território de norte a sul, sempre sob os olhos atentos da Coruja Tagarela, para que Málik não os atrapalhe em suas buscas pelo fragmento do livro.

Foi preciso conhecer a história, lendas e culturas brasileiras até descobrirem onde estaria o fragmento perdido. A Coruja Tagarela teve trabalho para resgatar os feiticeiros das trapalhadas em que eles se meteram. Precisaram da ajuda de novos amigos para escapar das perseguições de Málik. Mas… Em um país tão grande, onde estaria o tão procurado fragmento perdido? 

Os feiticeiros seguem viagem em busca dos fragmentos do livro PRIMUM. Nesta aventura eles vão parar no Japão onde aprendem sobre algumas tradições orientais. Acompanhados por Legere e pela Coruja Tagarela, Carmina e Magnus seguem na sua missão de resgatar as partes do livro e escapar das malvadezas de Málik que os persegue.

Eles precisam chegar ao Torii – o portal sagrado, no caminho se deparam com um grande festival que homenageia a Deusa do Sol. Para continuar sua busca devem decifrar uma mensagem em Kanji e encontrar o templo do Samurai.

O Mago dos Ventos, claro, vai cruzar o caminho dos personagens que precisarão da ajuda de novos amigos para cumprirem sua missão. O que será que Málik aprontou dessa vez? Aproveite a leitura e descubra o que os personagens aprenderam no Japão, como conseguiram escapar de Málik e adivinhe onde será a próxima aventura!

capa 2.jpg
capa 3.jpg

No Japão uma imensa cratera se abriu diante de Carmina, Magnus e Legere. Em queda livre, uma bifurcação no túnel separa os personagens. Os feiticeiros dão por si com os pés enterrados na neve. Ali são acolhidos por Yura – uma menina do povo INUK – que lhes resgata com um trenó e lhes fornece agasalhos próprios para enfrentar as baixas temperaturas.

Enquanto Carmina e Magnus conhecem a Groenlândia, Legere vai parar na Lapônia e faz amizade com – nada mais, nada menos – que a Família Noel. Ali mais magia, mais fantasia e mais sabedoria para encontrar a parte do livro e não permitir que o Mago dos Ventos lhes atrapalhe a missão.

Aproveite a leitura para descobrir mais sobre como vivem os povos que habitam as frias terras do Polo Norte e tente descobrir para onde os personagens serão enviados na próxima etapa desta aventura na Terra!

Reunidos novamente, Carmina, Magnus e Legere chegam a um país de natureza exuberante, rico em histórias, tradições, cheio de cores e significados. Eles estão em Angola e conhecem a pesquisadora Luena, que os acompanha nesta história. Junto com a pesquisadora percorrem a cidade de Lobito e adentram na floresta, onde algo muito estranho acontece. No retorno, abrigam-se na universidade onde a pesquisadora faz seus estudos e, ao avistar uma parede cheia de máscaras africanas, entendem que cada máscara tem um significado diferente. Mas é ao colocar sob o seu rosto a máscara mais colorida de todas, que Carmina vive a maior de todas as aventuras junto com a rainha NZINGA, que reinava há muito tempo atrás.

Encontrar a parte do livro não será nada fácil desta vez, pois Málik não pretende facilitar a vida dos feiticeiros e muda seus métodos para não ser descoberto. Aproveite a leitura para aprender mais sobre este país africano, sua história, cultura e tradições. Descubra qual foi o método usado por Málik e tente adivinhar onde será que a história vai continuar.

capa 4.png
capa 5.jpg

Para atravessar o mar imenso, o feiticeiro Magnus lança mão de seus conhecimentos sobre navegação submarina. Acompanhado pela feiticeira Carmina e por Legere, contornam o Cabo da Boa Esperança, apreciam a Grande Barreira de Corais e admiram as criaturas que povoam as profundezas do oceano. Analisando cartas náuticas e correntes marítimas, chegam à Austrália. Logo na chegada deparam-se com um representante dos povos originários daquele continente – um aborígene. Porém, o que nem Legere, nem os feiticeiros sabiam é que Málik – O Mago dos Ventos –  detectou o sonar do submarino, descobriu a rota de navegação e já estava à espreita em terra firme.

A fúria de Málik, ao ser reconhecido, provocou um maremoto. Foi no momento que conseguiram se proteger das ondas gigantes e dos ventos fortes que um objeto voador surpreendeu a todos: um boomerang, que misteriosamente aparece e desaparece. Mas a aventura não para por aí. Atravessam um campo de girassóis, ajudam a combater um incêndio florestal, auxiliam no salvamento de animais silvestres até chegar no destino final. Vamos lá!

Aproveite a leitura e divirta-se na viagem!

De volta ao mar, os feiticeiros do Reino de Castrum contam com a ajuda de Leonardo Da Vinci. Este gênio da humanidade testa um de seus inventos e auxilia os personagens a chegarem ao seu novo destino. A aventura segue por um território de muitas flores, muitas cores, aromas e arte por todo lado. Legere está ansioso pois uma surpresa o aguarda pelo caminho, mas não são as lâmpadas da Cidade Luz. Além da boa surpresa que Legere descobrirá, o Mago dos Ventos anda à espreita para impedir que os feiticeiros Carmina e Magnus cumpram sua missão de resgatar os fragmentos do livro PRIMUM. Então, surpresas nem sempre tão agradáveis lhes esperam pelo caminho. Inesperadamente, uma tempestade os atinge e, precisando buscar proteção, adentram um famoso museu que os protege. É diante de uma obra de arte que a magia acontece, auxiliando os feiticeiros a desvendar todo o mistério. Mais curioso ainda é saber quem os ajudará a seguir a aventura pela Terra.

capa.jpeg
capa 7.jpeg

Vovó Cathi, seu neto Kassen e sua neta Raya são de uma tribo nômade que vive no deserto. Certa noite, vovó conta-lhes, em segredo, que foi designada pela Deusa Minerva a tomar conta de um tesouro da sabedoria e aguarda um emissário para entregá-lo. Em caravana até um oásis, vovó percebe algo muito estranho: um rastro de luz aparece toda vez que o seu baú de tesouros é mencionado. Por precaução Vovó Cathi toma todos os cuidados possíveis para não perdê-lo de vista.  Mas Málik, o Mago dos Ventos, está determinado e pretende interceptar a parte do livro PRIMUM antes que os feiticeiros Carmina e Magnus a encontrem. Coruja Tagarela é a responsável por apresentar os feiticeiros à vovó e aos seus netos. Quando conseguem localizar o fragmento do livro, uma desagradável surpresa acontece, então eles sentem falta de Legere, que ficou lá na Cidade Luz. Mas, nem tudo está perdido...

De país em país, Carmina e Magnus haviam recuperado quase todas as partes do livro PRIMUM. Sentiam-se felizes e aliviados, afinal viveram grandes aventuras no planeta Terra. Conheceram lugares quentes, lugares frios, lugares ensolarados e também sombrios. Superaram os desafios de longas viagens e as perigosas trapaças do Mago dos Ventos. Encontraram pessoas bem diferentes e aprenderam sobre ser solidário e trabalhar conjuntamente.

Tão logo concluíram seu agradecimento aos moradores do deserto, foram envolvidos por um filete de luz que trouxe seus poderes de volta.

Com as varinhas mágicas em suas mãos, já era hora de voltar ao reino de Castrum e recuperar o seu posto de guardiões do grande livro da sabedoria. Pensavam eles ter reparado o seu erro afinal.

Ops! Mas ... e a última parte?!  Conseguiram resgatar?

É o que vamos descobrir.

capa 8.jpeg